Gestão de Pessoas

Ser competitivo dentro do mercado é essencial. Entretanto, para que isso seja possível, é fundamental investir na valorização do capital humano. O investimento em pessoas tem o potencial de fazer com que profissionais trabalhem mais satisfeitos e engajados, impactando positivamente nas metas de negócio da companhia. 

As pessoas são o elemento mais importante de uma organização. Isso porque elas fazem parte do capital intelectual da empresa, sendo responsáveis por colocar em prática seus conhecimentos e trazer o diferencial competitivo, que a organização precisa para se destacar no mercado em que atua.

O processo de Gestão de Pessoas contribui para que as organizações sejam eficazes, conquistando a cooperação dos profissionais, tanto para alcançar seus objetivos individuais quanto os organizacionais. Para que esse nível de reciprocidade seja alcançado entre organização e indivíduo, a Gestão de Pessoas desenvolve seis importantes processos. 

 

OS SEIS PROCESSOS DA GESTÃO DE PESSOAS

Entre as principais preocupações que fazem parte das ações da Gestão de Pessoas estão elaborar e colocar em prática estratégias que visem o bem-estar e a motivação do colaborador, com o objetivo de alinhar seus anseios de carreira às necessidades e resultados que a empresa deseja alcançar. 

Tudo isso é essencial, pois, dessa maneira, mais do que colaboradores, a empresa contará com membros verdadeiramente empenhados e engajados em atingir metas e objetivos individuais e coletivos. 

Porém, por mais que pareça algo simples, este é um grande desafio desta área. Por isso, é fundamental contar com processos de Gestão de Pessoas previamente definidos, pois eles vão contribuir, efetivamente e na prática, para que as ações do setor de Recursos Humanos – RH sejam realmente assertivas dentro da empresa. 

Confira quais são estes processos:

1

1 – Agregar pessoas

É o processo utilizado para encontrar novas pessoas para a empresa, incluindo o recrutamento e seleção de profissionais. Aqui, as atividades são desenvolvidas, no sentido de encontrar profissionais qualificados, que atendam às necessidades da organização e ajudam esta a se tornar cada vez mais bem-sucedida em seu mercado de atuação. 

15

2 – Aplicar pessoas

Esse processo desenha as atividades que as pessoas realizarão na empresa, tendo a função de orientar e acompanhar seu desempenho. Ele também é responsável pelo desenho, análise e descrição de cargos, além de orientação das pessoas e avaliação de sua performance. 

Nas atividades relacionadas a este processo está também realizar práticas de integração do novo profissional, a fim de que ele se familiarize com a equipe que vai trabalhar, com os gestores e com a forma como a organização atua de maneira geral. 

2

3 – Recompensar pessoas

A Gestão de Pessoas sabe que não é só a empresa que tem anseios e necessidades, uma vez que cada profissional que dela faz parte também os têm. Neste sentido, entende que é preciso desenvolver estratégias para atender às expectativas individuais dos colaboradores, para que estes sintam-se plenamente motivados e realizem um trabalho de excelência no dia a dia. 

Assim, este terceiro processo é utilizado para que os colaboradores sintam-se recompensados e também como incentivo para as pessoas satisfazerem suas necessidades individuais. Aqui estão inclusos recompensas, remuneração, benefícios, bônus e serviços sociais, que não tenham a ver apenas com retribuições financeiras.

Estes programas de incentivo que são desenvolvidos de empresa para empresa, têm também como objetivo diminuir, consideravelmente, a taxa de rotatividade destas, para que assim se tornem cada vez mais estáveis e reconhecidas por serem bons lugares para trabalhar. 

3

4 – Desenvolver pessoas

Mesmo que se encontre profissionais altamente qualificados para compor o quadro de colaboradores da organização, é de fundamental importância que a empresa defina estratégias de desenvolvimento de pessoas, que tenham como objetivo adaptar o indivíduo aos seus processos organizacionais, bem como à sua cultura corporativa.

Por este motivo, o quarto processo de Gestão de Pessoas é voltado a capacitar e desenvolver o grupo de colaboradores, por meio de treinamentos, cursos, palestras e programas que os ajudem a crescer em suas carreiras.

Com este processo, a Gestão de Pessoas acaba por capacitar e aperfeiçoar as ações do indivíduo, não só no âmbito profissional, mas também no pessoal. 

4

5 – Manter pessoas

Este processo é também responsável por diminuir o índice de turnover da empresa. Neste sentido, ele age para que os colaboradores mantenham-se sempre satisfeitos e motivados, com relação ao trabalho e à organização, e continuem exercendo suas atividades com excelência no dia a dia.  

O objetivo é criar condições ambientais e psicológicas para o indivíduo colaborar com a boa prática das atividades profissionais — como a administração da disciplina, higiene, segurança, qualidade de vida e manutenção de relações sindicais.

Além disso, o incentivo à manutenção de bons relacionamentos interpessoais, entre colaboradores, líderes e empresários, são também essenciais para que o indivíduo tenha vontade de permanecer por um longo período na empresa.  

5

6 – Monitorar pessoas

Acompanhar e controlar as atividades dos profissionais, verificando sempre seus resultados individuais. Isso é o que faz o processo de monitoramento de pessoas. Tudo para que a empresa possa manter todos os processos iniciais e seus colaboradores satisfeitos com a organização a longo prazo.

Cada um desses processos tem o intuito de manter seus colaboradores satisfeitos e motivados para que, assim, possam atingir os resultados esperados pela organização.

 

OS OBJETIVOS DA GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS ENVOLVEM

  • apoiar a organização no alcance de suas metas, desenvolvendo e implementando ações integradas com a estratégia de negócios;
  • contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de alto desempenho;
  • garantir que a organização tenha pessoas talentosas, qualificadas, motivadas e engajadas;
  • criar uma relação de emprego positiva entre a gerência e os funcionários e um clima de confiança mútua;
  • incentivar a aplicação de uma abordagem ética à gestão de pessoas.

Mas para uma GESTÃO DE PESSOAS eficiente, é necessário diagnosticar as necessidades dos colaboradores e da organização e tomar medidas a fim de garantir a evolução, crescimento interno da empresa, melhor aproveitamento dos recursos, aumentando o retorno dos investimentos, contribuindo para os índices de produtividade e auxiliando no alcance de metas.

Por isso nossos clientes podem contar com diversos serviços da SSQuality disponíveis para auxiliar na Gestão de Pessoas de sua empresa. Nosso objetivo é sermos parceira das organizações, trabalhando lado a lado para maximizar os resultados e potencializar o desempenho das pessoas.

 

NOSSAS PRINCIPAIS SOLUÇÕES

 

6

Avaliação do Perfil Comportamental

Avaliar o comportamento dos funcionários ajuda a entender características profissionais e, até mesmo pessoais, primordiais no desempenho das atividades, sobretudo em determinados cargos e funções.

Com esse tipo de avaliação é possível alinhar os perfis dos profissionais — entre funcionários e candidatos em processos seletivos — para gerir com eficiência e ter melhor aproveitamento do desempenho, considerando, as habilidades e competências.

7

Gestão de Feedback

O feedback é o retorno – positivo ou negativo – destinado aos funcionários sobre as percepções levantadas no comportamento ou desempenho e que geram impacto nos resultados da empresa.

Quando bem aplicado, os profissionais conseguem identificar seus pontos fortes e fracos e adotar medidas corretivas e preventivas de acordo com seu desempenho. Como uma das mais importantes ferramentas de gestão de pessoas, os feedbacks devem ser contínuos e ter a melhoria como principal fundamento.

8                                                   

Avaliação de Desempenho

Quando se trata de gestão de pessoas, a avaliação de desempenho é uma ferramenta fundamental. Por meio de um questionário que pode ser aplicado mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, essa avaliação consegue medir como está a performance e produtividade dos colaboradores, como eles veem contribuindo para os resultados da empresa e ainda pode identificar pontos de melhoria ou desenvolvimento no trabalho desse colaborador.

Para que seja bem aproveitada, essa avaliação deve ser sempre feita levando-se em conta os valores e a cultura da empresa e deve se desenrolar em ações práticas de desenvolvimento do colaborador. Assim, garante-se que essa ferramenta está sendo bem aproveitada e que ela será capaz de gerar benefícios reais para a empresa e as pessoas que fazem parte dela.

9

Pesquisa de Clima Organizacional

Assim como é importante realizar a avaliação de desempenho para medir os resultados que as pessoas estão trazendo para a companhia, é importante também realizar a pesquisa de clima organizacional para entender como a empresa em si, de diferentes formas, está contribuindo para o desempenho dos profissionais.

Por meio de um questionário sobre a empresa, suas práticas e situações específicas do dia a dia, os colaboradores serão capazes de demonstrar o quanto estão satisfeitos com a organização e o quanto ela tem contribuído para os resultados entregues. Com essa pesquisa e as sugestões de quem está no dia a dia, é possível identificar pontos de melhoria e de destaque na organização e trabalhar para que o ambiente e o clima sejam os melhores possíveis, a fim de contribuir para a boa performance de cada pessoa.

Esse questionário pode ser aplicado trimestralmente, semestralmente ou anualmente e é importante que seus resultados sejam compilados e transformados em planos de ações concretos – assim como a avaliação de desempenho.

10                                       

Endomarketing (Comunicação Corporativa)

Um canal de comunicação, assim o endomarketing se propõe a alinhar funcionários e empresa, considerando os objetivos organizacionais. A ferramenta é usada para fortalecer o relacionamento interpessoal e estimular uma visão compartilhada.

As informações repassadas ao público interno obedecem a um padrão, para que todos recebam a mensagem pelos canais oficiais da empresa e não de modo informal. Assim, elimina-se os ruídos, focando na transparência, para garantir a compreensão e entendimento de execução de um projeto ou tarefa.

11                                           

Onboarding (Integração)

O onboarding é uma das ferramentas de gestão de pessoas mais importantes de uma organização e precisa receber uma atenção especial. Esse processo tem relação com a ambientação e adaptação de um novo colaborador à empresa e é essencial para garantir que todos trabalhem com alta performance desde os primeiros dias na organização.

O onboarding, além de incluir alguns processos burocráticos de admissão dos colaboradores, vai fazer com que a nova pessoa conheça a empresa como um todo, passando por:

  • suas atividade principais;
  • líderes e pessoas chave;
  • divisão de times;
  • detalhamento das suas funções e obrigações;
  • objetivos do trabalho;
  • expectativas e muito mais.

12

Plano de Cargos e Salários

Saber quais os possíveis rumos para sua carreira dentro de uma organização e o que isso representa em termos financeiros é algo que pode fazer com que os colaboradores se sintam mais motivados e trabalhem sempre da melhor forma possível.

Por isso, um bom plano de carreira e de remuneração é uma das ferramentas de gestão de pessoas mais importantes para uma empresa. Um colaborador que sabe exatamente onde pode chegar em curto, médio e longo prazo, será capaz de traçar suas metas de carreira e desenvolvimento com muito mais assertividade e estará em evolução constante, trazendo benefícios para a empresa em diversos níveis.

Se em sua empresa o plano de remuneração e carreira não é algo formalizado ou não está claro para as pessoas que fazem parte dela, reveja essa prática e foque agora mesmo na construção de uma boa estrutura.  

13                                                                      

Mentoria

A mentoria, também é uma ferramenta para estimular o desenvolvimento profissional dos colaboradores, é mais focada em trabalhar habilidades técnicas e específicas dos colaboradores.

O processo de mentoria acontece por meio de encontros periódicos entre mentor e mentorado, e além de trazer desenvolvimento profissional para as pessoas na empresa, vai ajudar a melhorar a performance de cada um desses indivíduos e consequentemente impactar nos resultados da organização.

14

Programas de Desenvolvimento e Capacitação

Os programas de capacitação de colaboradores são extremamente importantes quando se trata de desenvolvimento profissional e de uma boa gestão de pessoas. Por meio desses programas, é possível capacitar profissionais chave da empresa e fazer com que seu desempenho superior seja revertido também em ganhos para a organização.

Quando falamos de programas de capacitação, eles podem envolver as ferramentas de coaching e mentoria, mas também podem ir além envolvendo processos de treinamento e desenvolvimento – com universidades corporativas, e cursos específicos – de preparação e formação de líderes, de desenvolvimento de talentos e muito mais.

Investir na capacitação de colaboradores chave é uma das técnicas mais eficientes quando se trata da gestão estratégica de pessoas e pode representar ganhos enormes para a organização, além de para o próprio funcionário. Por isso, garanta que sua empresa executa esse tipo de iniciativa e que tem dado o devido valor a ela.

 

Alinhe a Gestão de Pessoas com Estratégia e Metas.

Amplie os Resultados do Negócio.

 

Sua empresa precisa de uma das nossas soluções para transformar a realidade e os resultados do seu negócio?

Entre em contato com a SSQUALITY

Nossos Contatos

Fale Conosco pelo Telefone (64) 99264-6808
Entre em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Rua Bougainville, Qd. 74, Lt, 1345, Residencial Veneza
Rio Verde - GO, CEP 75910-042
 

Fale Conosco pelo Whatsapp

 

 

Nosso foco são os resultados do seu negócio!